Skip to content

Professores, como praticar hábitos de auto-cuidado quando você não tem tempo?

06/12/2019

Você soa familiar? Você é um professor que coloca as necessidades de todos os outros antes de ti, nunca tem tempo e energia suficientes para todos, e só o que te sobra te pertence, você sabe que precisa priorizar o cuidado pessoal, mas simplesmente não conseguiu criar hábitos que você pode manter a longo prazo. Se assim for, este artigo é para ti.

Já falamos do auto-cuidado e por que é importante para todos.
Agora queremos falar da necessidade do auto-cuidado para os professores.
Ensinar pode ser uma profissão gratificante, mas também difícil.
Nós Somos responsáveis por muito tempo: desde o planejamento de aulas, ao ajudar os alunos no seu crescimento como indivíduos e, claro, manter-nos em dia com o nosso desenvolvimento profissional e pessoal.
O Cuidar de nós mesmos é essencial para levar uma vida plena como prosperar como docente!
Neste artigo, vamos compartilhar 5 dicas de auto-cuidado para professores.
O que é o auto-cuidado?
Responder a esta pergunta pode ser muito fácil, o difícil é colocá-la em prática.
Análise de conteúdo não significa necessariamente uma viagem ao “spa”.
Pode e deve significar diferentes coisas para diferentes pessoas.
É algo que queremos manter permanentemente e que tenha um impacto significativo no nosso bem-estar.
Fundamentalmente o auto-cuidado é
ouvir, dar uma resposta honesta e fazer o que está bem para mim no momento em que me pergunto como eu posso estar bem comigo mesmo?
Todos reconhecemos os benefícios do auto-cuidado, a partir de melhorar a nossa produtividade e auto-estima, até nos conhecermos melhor e, por que não? ter mais para dar e compartilhar com os que amamos.
O auto-cuidado não só tem que ser físico, mas que pode ser social, emocional, mental, financeiro, ambiental e espiritual. Qualquer aspecto de nossa vida merece ser considerado e não pode ser negligenciado.
Talvez o mais importante é entender que o auto-cuidado é um hábito e uma cultura de vida e que é diferente e única para cada pessoa.
Não é escolher o que parece mais fácil, ou o que soa engraçado.
É algo que nos tiraria um peso de cima e nos traga uma sensação de satisfação.
Como posso cuidar de mim mesmo como docente?
Em geral, os professores nos é difícil cuidar de nós mesmos.
Trabalhamos muitas horas, não dormimos, nem fazemos exercício suficiente, a nossa alimentação é pouco equilibrada e não passamos tempo suficiente fazendo coisas que nos refrescam e agilizam.
Alguns de nós chegamos à conclusão de que este estilo de vida é apenas uma parte do trabalho, simplesmente não há tempo suficiente para ser um bom professor e cuidar de nós mesmos.
Infelizmente, esse estilo de vida pode-nos levar por um caminho em que tanto a nossa vida pessoal como profissional pode entrar em colapso.
A boa notícia é que não tem que ser assim.
Precisamos entender que o descanso estimula a nossa produtividade, e não o contrário.
1. Crie uma rotina de manhã
Uma rotina que lhe permita ter 10 minutos para você mesmo para que você possa preparar-se mentalmente para o dia. Tomar um chá lentamente e simplesmente respirar conscientemente.
2. Toma pausas produtivos durante a jornada
Fazer 3 ou 5 minutos de respiração profunda ou um exercício de relaxamento ou simplesmente sentar para apreciar um café, um chá ou um pouco de água.
3. Define a hora que você sair do trabalho
Algumas vezes terminamos nossa jornada de trabalho, mas vamos continuar em casa.
Determinar a que horas devemos deixar de responder e-mails, marcar exames ou planejar nossas aulas nos ajuda a planejar melhor nossas atividades de relaxamento sem nos sentirmos culpados.
4. Encontre a sua paixão … não, NÃO é a de ensinar, uma paixão fora da sala de aula!
Encontre algo que você ame e participe sempre que puder.
Para alguns, pode ser praticar yoga, jogar um esporte com um computador, dançar ou tecer.
Simplesmente encontre aquilo em que você mergulhar e relaxar, e o que você dedique tempo com regularidade. A consistência é a única maneira de obter e ver os benefícios em nossa vida e rotina diária.
5. Se concentre em criar hábitos
Talvez o seu corpo esteja se manifestando sintomas físicos de estresse e precisa estar saudável de uma maneira que lhe seja agradável.
Concentre-se em criar hábitos sustentáveis, como por exemplo aprender a preparar refeições saudáveis e deliciosas em vez de comprar comida para levar.
Ou simplesmente sentar-se e ter o almoço, sem planejar, trabalhar ou rever as redes sociais.
Ou, tomar ar fresco e sol 10 minutos por dia.
Programa o tempo necessário para algo que você quer fazer, e coloque-o no seu calendário a cada semana, como se fosse para qualquer encontro.
Conclusão
Tomar tempo para o auto-cuidado não é um desperdício, e não é egoísta.
Cuidar de si mesmo significa que você tem mais para dar aos seus alunos.
Ficar até as 3.m. em busca da lição perfeita não te ajuda a ter energia e estar de bom humor.
Nossos alunos se beneficiam de um mestre saudável, feliz e equilibrada.